Indaiatuba não é Praia

Prefeitura inicia abertura da via que interligará a nova rodoviária à Rua do Badin

A Secretaria de Obras e Vias Públicas já iniciou os trabalhos de preparação de solo para a pavimentação da extensão da rua Embira, atrás do Terminal Rodoviário “Vereador Maurílio Gonçalves Pinto”. O trecho tem 210 metros. A via possibilitará a interligação com a Rua do Badin e integra o projeto de duplicação parcial da Rua dos Indaiás. As obras são executadas pela equipe da Secretaria de Obras e Vias Públicas e a interligação deve ser concluída até o final de julho.

A interligação da Rodoviária com a Rua do Badin é a primeira etapa do projeto proposto pelo prefeito Nilson Gaspar para resolver um dos maiores problemas viários do município e melhorar o fluxo do trânsito na Rua dos Indaiás. O projeto também inclui a duplicação da Rua dos Indaiás no trecho entre a praça Andrea Maria Bonachela e a rua Ângelo Civolani, na altura do Conjunto Habitacional Lúcio Artoni (CDHU), e a mudança de direção do trânsito em alguns trechos da via.

Com a interligação, os condutores de veículos que chegarem na cidade pelo acesso do Km 53 da rodovia, entrarão pela via que passa por trás da Rodoviária e por ela vão acessar a Rua do Badin, seguindo até a rua Paulo Vaciloto, no CDHU, de onde poderão acessar a Rua dos Indaiás, sentido bairro-centro, utilizando o trecho duplicado da via, que vai até a praça Bonachela.

Os condutores de veículos que seguem na Rua dos Indaiás em direção ao Terminal Rodoviário terão sentido único da via a partir da rua Ângelo Civolani, também na altura do CDHU.

Para iniciar a obra de pavimentação da interligação com a Rua do Badin a Prefeitura aguardava a retirada dos postes da CPFL próximos à passarela, o que só aconteceu no início deste mês. A duplicação do trecho da Rua dos Indaiás também dependia de readequação dos postes no trecho e de desapropriações.  

O projeto ainda inclui iluminação com lâmpadas LED no trecho novo da rua Embira e em toda a extensão da Rua do Badin.

Fonte: Prefeitura de Indaiatuba | Foto: Eliandro Figueira  RIC/PMI

You might also be interested by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *