Indaiatuba não é Praia

Prefeitura e Haoc abrem novos leitos clínicos para Covid-19 em novo prédio

A Prefeitura de Indaiatuba junto com o Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), realizaram na quarta-feira (6) uma visita técnica com a imprensa para abertura de 24 novos leitos clínicos destinados ao tratamento da Covid-19, localizados no prédio novo do Hospital. O prefeito Nilson Gaspar (MDB); o Dr. Edmir Deberaldini e o diretor geral do Haoc e Ronaldo José, diretor financeiro do Haoc; falaram sobre a visita técnica e o processo da obra.

“Esse projeto foi idealizado há alguns anos já pensando no crescimento da cidade, porque aqui em nossa cidade sempre trabalhamos com planejamento e gestão. Não se imaginava há época que passaríamos pela pandemia que vivemos hoje, por isso antecipamos a entrega desses leitos clínicos para atendimento da Covid-19. Convidamos a imprensa a uma visita técnica para esclarecermos dúvidas de forma transparente e levar informação à população”, comentou o prefeito. Ele também parabenizou o empenho para realização da obra. “Quero agradecer a todos os envolvidos nessa obra, pois poucos lugares do país tem uma estrutura igual temos aqui em Indaiatuba”, emenda Gaspar.

“Essa é uma ampliação do hospital que já temos e quero agradecer a todos os diretores que se empenharam para a concretização dessa obra. Nós não precisamos de hospital de campanha e grandes gastos, pois temos esse equipamento pronto para a população”, comenta Deberaldini.

“Iniciamos o prédio enquanto a situação financeira do país estava boa, mas depois de um ano com obras iniciadas veio a crise. Nós investimos aqui 30 milhões de reais; sendo 8,5 milhões de reais da Prefeitura; 770 mil reais dos empresários da cidade; 1 milhão de reais enviado pelo Deputado Estadual Rogério Nogueira e 19,8 milhões de reais da Fundação Leonor de Barros. O processo da obra demorou mais do que o previsto, mas hoje está aqui e veio ao encontro da nossa necessidade, hoje temos 110 leitos preparados para funcionar, se houver necessidade conforme o aumento da demanda”, explica Garcia, diretor financeiro do Haoc.

Neste primeiro momento serão abertos somente os leitos para pacientes confirmados ou suspeitos da Covid-19, doença causada pela infecção do Novo Coronavírus. O novo prédio tem 7.500 m² de área total, divididos em cinco pavimentos de 1.500 m² cada e terá capacidade total para 210 leitos que estão em fase final de implantação.

Via: Prefeitura de Indaiatuba

You might also be interested by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *