Indaiatuba não é Praia

Centro Universitário Max Planck confirma Medicina em Indaiatuba

Com nota máxima no MEC, UniMAX abre primeira turma em 2019
O Centro Universitário Max Planck (UniMAX) confirmou nesta terça-feira, 6, a vinda do curso de Medicina Humana para Indaiatuba. O curso, que terá início em fevereiro de 2019 e oferecerá 80 vagas, foi avaliado com nota máxima pelo MEC em todos os requisitos (Projeto Pedagógico, coordenação e corpo docente, e infraestrutura). A portaria que autoriza a abertura do curso na UniMAX é a 786 de 01/11/2018, que foi publicada nesta terça-feira, 6, no Diário Oficial da União.
A comunicação aconteceu na tarde desta terça-feira, 6, no anfiteatro do campus I da UniMAX, durante coletiva de imprensa, que contou também com a presença de funcionários e corpo docente da instituição, além de autoridades e parceiros como o Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC) e a Prefeitura Municipal de Indaiatuba. O reitor da UniMAX, professor Ricardo Tannus, que não pode estar presente em função de um outro compromisso de trabalho, muito emocionado parabenizou toda equipe e parceiros pela conquista, em uma transmissão via internet. “Essa é a concretização de um sonho que vem sendo sonhado há tempos. É com muito orgulho e muita força que lançamos a Faculdade de Medicina”.
O prefeito de Indaiatuba, Nilson Alcides Gaspar, que não pode comparecer, também enviou uma mensagem parabenizando a conquista. Na sequência o professor de unidade da UniFAJ, Flávio Fernandes Pacetta, deu início oficialmente a cerimônia falando sobre a importância dessa conquista não apenas para a instituição, como também para a cidade de Indaiatuba e toda região. “Tivemos um longo caminho e muitos parceiros ao longo desta jornada, que começou em 16 de agosto de 2013, e que foi festejada hoje pela manhã, com a publicação da portaria”, comenta Pacetta, que destaca ainda que foram investidos em torno de R$ 12 milhões em infraestrutura e projeto pedagógico.
A coordenadora do curso de Medicina, professora Valéria Vernaschi Lima, falou sobre os diferenciais do projeto pedagógico da UniMAX, que terá seus alunos trabalhando com promoção e prevenção desde o primeiro ano do curso, nas Unidades Básicas de Saúde e no HAOC, hospital parceiro no projeto. “Temos o compromisso de formar e qualificar estes futuros profissionais para que possam atuar no sofrimento humano”, ressalta.
Representando o corpo docente, o professor Roberto de Queiroz Padilha relembrou o início dessa trajetória da UniMAX – na época Faculdade Max Planck –, há mais de 5 anos, quando ainda trabalhava na área de pesquisas do Hospital Sírio Libanês, e teve sua primeira reunião com o professor Ricardo Tannus. “Vamos trabalhar para tornar o curso de Medicina e a rede de saúde uma referência para o país”.
O pro-reitor acadêmico, professor José Carlos Pacheco Coimbra, falou sobre a importância da nota máxima (5) no MEC, explicando que cada uma das dimensões avaliadas (Projeto Pedagógico, coordenação e corpo docente, e infraestrutura) é composta por aproximadamente 20 subitens, totalizando quase 70 itens avaliados, com notas individuais, e que em todos eles a UniMax recebeu nota máxima (5), o que a colocou entre as únicas 14, das mais de 300 instituições do país com curso de Medicina, que conquistaram essa nota.
Ainda compuseram a mesa o presidente da Câmara Municipal de Indaiatuba, Helio Ribeiro – que também integra a CPA, fazendo a interface entre Faculdade e município –, que falou sobre a importância do curso para a área de Saúde. Opinião compartilhada pelo vice-prefeito e prefeito em exercício, Dr. Túlio José Tomass do Couto, que ressaltou o ganho da população com a vinda do curso. “Tenho certeza que daqui a alguns anos, mesmo que ainda não tenhamos formado as primeiras turmas em Medicina, teremos melhorado ainda mais a qualidade do atendimento da Saúde”. A secretária Municipal de Saúde, Graziela Drigo Bossolan Garcia, que destacou a vinda de novas tecnologias proporcionadas por um Centro Universitário, e o diretor financeiro do HAOC, Ronaldo José Garcia, que ressaltou a importância das parcerias.
VESTIBULAR 
O Vestibular para Medicina da UniMAX abre inscrições nesta quarta-feira (07) a partir das 18h e a prova acontece no próximo dia 2 de dezembro. Serão oferecidas 80 vagas e o início das aulas está programado para fevereiro de 2019.
O reconhecimento da qualidade de ensino oferecido pela Faculdade Max Planck foi atestado e publicado pela Portaria 756 do MEC (Ministério da Educação) no Diário Oficial da União em agosto deste ano, elevando-a para Centro Universitário UniMAX, proporcionando maior autonomia acadêmica, além de poder registrar os diplomas diretamente, sem intervenção de outras instituições de ensino. Atualmente a UniMAX possui dois campus com milhares de alunos, e recebe, diariamente, centenas de pessoas da comunidade, que são atendidas em diversos projetos sociais com acompanhamento dos alunos, que são orientados por professores altamente capacitados.
FOTO: Maria Caroline Cabral dos Santos

You might also be interested by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *